Todos os posts por

Louise Sabóia

Casa & Decoração, Festas

Benjamin 2 anos – festa Snoopy

Oi meninas, tudo bem? Eu tardo, mas não falho!rsrsrs Hoje estou trazendo a festa de dois anos do Benjamin que fiz em casa. Gente, fiz praticamente tudo! Docinhos, brigadeiros de colher, pirulitos de chocolate, mimos e decoração. Foi tudo feito devagar, com muito carinho e amei o resultado!

Enrolei balinhas de goma e sonhos de valsa no tecido e ficou um charme. O tecido compro algum de algodão que combine com o tema (você pode escolher fustão, popeline ou algum outro que mais lhe agrade. Só fica ruim de cortar, principalmente se for com a tesoura de zigue zague, malha e cetim.). Os saquinhos chevon, adesivos e caixinhas em loja de artigos de festa no centro da cidade. Os biscuits mandei fazer tanto nos tubetes quanto nos potinhos de papinha e fizeram sucesso! O bolo fiz a mesma coisa da festinha na escola: fiz de biscuit e comprei um outro para servir.

Ah! E essas lembrancinhas? Um caso a parte de tão lindas!!! A Natty , dona da empresa, produziu exatamente como eu queria e as bolsas ganharam um destaque na decoração! Foram produzidas em tamanho grande, pois dentro coloquei um jogo de boliche.

A roupa do Benjamin e da Chloe foram da Eveliny. Ficaram perfeitas!! A calça original do Ben era amarela, mas ele não aceitou usar, pois disse que era da Chloe!rsrsrs Mesmo asim ficou de gravatinha e suspensório, fora a Chloe que usou um vestido digno de irmã de aniversariante!rs

Ficou como eu queria, festinha pequena e chamosa, e o mais importante: o Benjamin estava em êxtase de tão feliz!!! Ele sabia que era pra ele, ria, corria de um lado para o outro e todos que estavam aqui falavam da felicidades dele e isso compensou toda a correria, trabalho e cansaço que senti!

Segue as fotos e embaixo coloco todos os contatos, tá?

image  image

image  image

image  image

image  image

image  image

 

image  benjamin 2 anos

 

benjamin 2 anos2  image

image  image

 

Lembrancinhas: @mnbrindespersonalizados . telefone: (83) 987647042 / (83) 988557934

Looks Benjamin e Chloe: @evelinycarvalhoatelier . Telefone: (88) 998061055

Biscuits: @silbiscuit . Telefone: (88) 988434776

Bjoo e me liga!

 

 

Casa & Decoração, DIY (faça você mesmo), Festas

Festa dois anos do Benjamin – Tema Bita

Oi meninas!!! Hoje vou mostrar um pouquinho de como foi a festa de dois anos do Benjamin na escola. Quem acompanhou os preparativos viu que fiz praticamente tudo e, apesar do trabalho que dá, amei demais fazer cada coisinha pra ele. Comecei bem antes e tive ajuda de uma amiga na parte dos convites (ela me salvou na arte!Obrigada, Aline!!!rsrsrs) e depois coloco aqui para quem quiser fazer nesse tema também, tá certo?

O fundo foi feito com papel crepom que cortei (7 cm de largura) e preguei em uma linha. O comprimento fica do tamanho do papel, só cortar e colar que dá certo. O nome dele comprei em MDF branco e só pintei com tinta spray amarelo. Os docinhos eu fiz e tem receita aqui  e  aqui tem receita dos pirulitos.

O bolo aluguei um fake de biscuit e comprei um que eu achava mais gostoso sem ser decorado para servir às professoras e às crianças. Passei um século pedindo latas de leites às amigas e juntando aqui em casa para fazer as lembrancinhas!!! Dentro coloquei massinhas de modelar, molinha, apito e nariz de palhaço. Fiz poucos mimos, só para dar um charme à mesa, afinal a festinha era super curta. Esses caixotes eu pintei com tinta spray também. Não preparei a madeira, nem nada! Só espirrei a tinta, pois queria colorido, mas rústico.

Servi suco, pipoca e pãezinhos recheados. Também o bolo que havia encomendado para partir e os docinhos.

A roupinha do Benjamin era um saco à parte de tão linda!! A Eveliny fez algo que remetesse ao Bita e amei! Agora bora ver que no final coloco os contatos. 😉

image  image

image  image

image image

image  image

image  image

image  image

 

Roupa do Benjamin:@evelinycarvalhoatelier (88)998061055

Biscuit: @silbiscuit

Bjoo

 

Entrevistas, Maternidade, Papo nosso

Reportagem para a TV Verde Vale

Oi pessoal! Lembram que falei que eu havia dado uma entrevista para a tevê local? Saiu várias vezes em vários jornais (FAMOSAAA! hahahaha) e a produtora me enviou a integra para quem não é da região possa assistir também.

Confesso que estava com vergonha, mas foi bem legal e cheguei a me emocionar quando falei dos meus filhos. Assistindo novamente me emocionei de novo!rsrs

Agradeço à tevê por reconhecer meu trabalho e a vocês que fazem tudo dar certo. Agora bora assistir!

bjoo

Casa & Decoração, Festas

Festa de 50 anos de casados

Oi meninas! Quem nos acompanhou pelas redes sociais viu que viajamos para Fortaleza no final do mês e o principal motivo da nossa ida era a festa de 50 anos de casados dos meus avós! Cinquenta anos de casados é um marco, não é verdade? Cinquenta anos que eles disseram sim e decidiram por uma vida juntos! Meus avós são meus pais também, morei com eles até casar e só digo uma coisa: muito amor ali,viu?rsrs

Foi contratado um buffet para ir lá pra casa, pois eles queriam tudo mais íntimo, para a família mesmo! Os centros de mesa foram aqueles que ensinei aqui  e a mesa foi decorada por mim. Simples, mas com muito amor.

image imageimage  imageimage    image

image

 

 

 

 

 

 

Bjoo e que venham mais 50!!

Casa & Decoração, Festas

Festa Capitão América

Oie!!! Gente, essa festa ficou lindinha e foi no parquinho do shopping! Achei super legal, pois as crianças se divertem bastante, para poucas pessoas e estou até pensando em fazer a da Chloe (que já entende mais e tem amiguinhos) no parquinho esse ano. Ela até já escolheu o tema (tudo bem, ela já trocou duas vezes, mas ate lá terá um definido!rsrs) e já quero reservar a data. Assim que passar a do Benjamin começo a produção de algumas coisas para a festa dela.

Essa festa foi de 6 anos, o aniversariante queria de Super Herói e o escolhido foi “Capitão América”.  As cores escolhidas foram azul, branca e vermelha que são as cores da roupa do boneco e ficou super harmonioso com a mesa na cor madeira. As lembrancinhas eram sandálias do tema dentro das bolsas de papel.

image   image image  image

image  image    imageimage  image

Bjoo e me liga

 

Casa & Decoração, DIY (faça você mesmo), Festas

Festa show da Luna

Oi meninas!! O post de hoje é uma festa que está super na moda: Show da Luna! Para quem não viu, ano passado fiz os três anos da Chloe na escola com esse tema e ficou super fofo! Olha aqui como ficou! Essa festa foi da Lívia e ficou linda! A mamãe dela (grávida de 8 meses) fez todos os doces e alguns dos mimos e as lembrancinhas. Foi na casa dela e o clima estava super acolhedor, fora que quando fica tudo pronto a pessoa sente uma satisfação em dizer “Eu mesma fiz!”, né?

 

image  image

image  image

image  image

image  image

image   image

 

Decoração: Clara festas

Maletinha Luna, Casinha, porta Bis e letras: Aline (88) 988232488

 

Bjoo

Comidinhas, Doces, Filhos, Salgados

Lanche para a escola, #lancheiradaChloe

Oi pessoal! Tenho postado quase todos os dias a #lancheiradaChloe no Snap (louisesaboia), mas vocês sabem que apaga depois de 24h, então juntei 6 lanches para inspirar vocês nessa correria que é preparar a lancheira todos os dias.

image Sanduíche de queijo coalho, cream cheese e suco de uva.

image

Suco de cajá adoçado com açúcar demerara, uvas thompson, biscoito de leite

imageSuco de Maracujá com açúcar demerara, maçã e bolachas d’água caseira (de padaria).

imageSuco de morango, croutons e ameixa imageSuco de acerola, morangos e xilitoca imageSmoothies de maçã, framboesa e uva e biscoitos sequilhos.

Bjoo

Casa, Casa & Decoração, DIY (faça você mesmo), Organização

Antigo berço e nova escrivaninha

Oie! Sabe aquele berço que você comprou e não sabe o que fazer com ele ou não quer se desfazer? Transforma em uma escrivaninha, amiga!! Esse berço comprei quando estava grávida da Chloe e fiquei apaixonada com o estilo dele. Quando Benjamin nasceu também o usou e hoje os dois já passaram para a cama, mas eu não queria me desfazer dele. Como a Chloe já tem tarefinha todos os dias e queria que ela tivesse onde estudar, uni o útil ao agradável e o transformei em uma mesinha de estudo.

Chamei um marceneiro para ele tirar uma grade lateral e a de baixo e pedi para fazer uma prateleira de MDF. Ele também fez as cadeiras, pois não encontrei aqui onde moro. Os porta-trecos são da Gigica Maluca  e estou usando para separar alguns lápis, giz de cera e mini livros que ficam bagunçados na estante.
image  imageimage image

 

Espero que tenham gostado e se vocês se inspiraram com a escrivaninha das crianças, me mandem fotos que adorarei ver!:)

Bjoo e me liga

Filhos

Meu filho é autista: O diagnóstico, por Sheina Assunção

Oi meninas, hoje teremos mais uma colaboradora para nosso blog, a Sheina Assunção. Sheina é filósofa e mamãe do Joaquim, um menino lindo de 3 anos e 7 meses e que foi diagnosticado com autismo. O texto conta um pouco como foi até chegar na descoberta e o que essa mãe sentiu ao conhecer esse mundo azul.

“Olá! Sou Sheina Assunção, tenho 27 anos, casada, filósofa de formação e mãe do Joaquim que hoje tem 3 anos e 7 meses. Joaquim é autista e estou aqui pra contar um pouco dessa experiência.autismo

Quando soube que estava grávida, chorei de medo, meu esposo me perguntou: “Você não esta feliz?” Eu disse: “Estou, mas estou com muito medo”. A responsabilidade de cuidar de outra vida me assustou! O medo veio e depois a alegria tomou seu lugar. Foi assim que nove meses se passaram, até chegar aquela quarta feira do dia 12 de setembro de 2012.

Eu costumo dizer que no dia em que meu filho nasceu conheci o céu e o inferno! Aprendi muito cedo que mãe sofre, somos pais de UTI! As primeiras horas do nascimento dele nos reservaram grandes emoções, mas conseguimos vencer. Joaquim é mais forte do que parecia ser! Joaquim aparentava ser um bebê “normal”. Tá, tudo bem! Ele não quis mais mamar com 4 meses e era muito chorão, mas muitas crianças que não são autistas fazem isso, não é mesmo? Fez carrinho com a boca nos imitando com quatro meses, aos cinco bateu palmas, aos seis balbuciava sem parar, com sete já sentava com nove engatinhava. Largou a chupeta sozinho! Um belo dia olhou e atirou no chão , não quis mais. Andou com um ano, nunca gostou de colo seu maior desejo era correr! Antes de um aninho falou palavras claras, apontava e pedia – Agum! Agumm! -Era água! Já não morreria mais de sede. Rsrsrsrs…

Entretanto, aquele bebê lindo, gordinho começou a ficar diferente. Era irritado, começou a parar de falar e sua hiperatividade era visível até para quem não convivia com ele. Perguntava para pediatra o por que de tanta energia, choros noturnos, vômitos sem explicação aparente, e irritação e a resposta era sempre, sempre a mesma, “ele é normal só é muito levado e menino demora a falar’. E lá íamos de volta pra casa exaustos depois de longas esperas em consultórios correndo atrás dele, tentando distrai-lo e acalmá-lo, e em casa mais cansaço, já tinha até vergonha de falar, as pessoas me olhavam como se eu tivesse fazendo tempestade em copo d’água.

“Meu Deus, como sou inexperiente” pensava! Eu sou a única mãe no mundo que esta sendo derrotado por uma criança tão inocente. Sim, DER RO TA DA! Era assim que eu me sentia sem saber o que fazer. Acreditava fielmente que a culpa era minha, meu filho só era um menino tolo e a culpa era toda minha.

Coloquei na creche com 1 ano e 7meses com a intenção que ele desapegasse de mim, a convivência comigo estava lhe fazendo mal. No começo foi tudo bem, mas com o passar dos dias foi ficando difícil, os gritos, choros, irritação e ai, tiramos ele da escola!

Comecei a deixar o orgulho de lado e comecei a ouvir mais as outras mães, sobre seus conselhos, suas “receitas de bolo”. Uma mãe disse que resolveu as crises de tolices do filho com boas palmadas, outra riu e disse que iria passar e que ele era só extremamente danado, “Leva  ele pro judô, natação, futebol!”,  “Você tem que olhar bem nos olhos dele e abrir bem a boca, só assim ele vai falar”. Ouvi, tentei, cansei e nada funcionou! O castigo, a natação, falar quase engolindo o menino, nada dava certo!

Ainda sem falar, mas já com seus dois aninhos, parei de ouvir a pediatra e as receitas que não davam certo e o levei na fono. No primeiro olhar analisador ela começou a me fazer perguntas, mas acho que ela já sabia as respostas, e no final me olhou nos olhos e disse: “Ele tem muita coisa do espectro autista! Vamos em frente pra termos certeza, vou te dizer que caminho seguir agora pra confirma o diagnóstico!” E continuou “Crianças assim tem algum problema. Pode ser só atraso na linguagem,  o que já e sério, ou pode ser autismo em seus graus que vai do leve ao severo”.  (DSM IV daquele ano levava os profissionais a identificarem assim o TEA)

Tomei um banho de água fria, aquele de amortecer o corpo! Meu Deus o que é isso? AUTISMO???? É grave? Dói? Tem cura? Tem remédio? Eu não sabia o que era autismo! Já tinha ouvido falar muito vagamente e na minha cabeça era uma criança em uma cadeira de rodas quer não falava, não andava, mas meu Deus, meu filho não era assim, pensava! Ela deveria estar errada!

Quanta ignorância minha! Só procuramos saber e tomar consciência de algo na maioria das vezes quando dói na gente, na pele. Fiquei assustada por não saber o que era autismo, mas não fiquei de luto, daqueles que choramos dia e noite. Só um medo invadiu meu ser e até hoje ele não foi embora. O medo do futuro! Eu amo meu filho do jeito que ele é e naquele momento só pensava qual o próximo passo para conhecer o autismo e ajudar meu filho!

Hoje sei que Joaquim tem o chamado autismo regressivo, em que a criança “era normal” e vai perdendo habilidades já adquiridas, como no caso do Joaquim que deixou de falar, de interagir, não gosta de roupas, odeia cortar as unhas e corta o cabelo é um terror. O autismo é parte integrante do ser dele, e isso não quer dizer que ele seja igual a outro autista.

Depois que comecei a conhecer o autismo fui entendo melhor sobre a luta, suas tristezas e alegrias… mas, isso eu vou contando aos poucos.”

Na próxima participação Sheina conta um pouco mais.

Bjoo